Comunicação

25 de setembro de 2017 | 11:38

Sintego ganha ação para pagamento de diferenças a professora

O Sintego ganhou Ação de Cobrança contra o Governo de Goiás, em favor da professora Flávia Fernandes Ramos, do município de Mara Rosa - GO, para ressarcimento de diferenças salariais e vencimentos não pagos pelo governo.

No processo, consta que o Governo de Goiás não pagou os vencimentos referentes a fevereiro/2015, maio, junho e julho de 2007 e a diferença salarial de agosto e setembro de 2007.

Na sentença, o Tribunal de Justiça de Goiás, determinou o pagamento de R$2.329,08 com juros e correções monetárias à professora.

Para a presidenta do Sintego Bia de Lima, a decisão é mais uma vitória do Sintego, que sempre luta para garantir que os direitos dos trabalhadores em Educação de Goiás, sejam respeitados.

“Está Ação estava tramitando há bastante tempo na justiça, no entanto, tivemos a grata satisfação de informar a professora Flávia, que o dinheiro já havia sido depositado na conta dela. A exemplo desta professora, outras ações de diferenças não pagas pelo Governo, estão tramitando na justiça e o Sintego vem acompanhando e cobrando para que seja garantido o ressarcimento aos servidores”, afirmou.

O deposito já foi realizado na conta corrente da servidora.




Imprimir