Comunicação

07 de dezembro de 2017 | 11:27

Sintego vai a Brasília pressionar o CNE para suspender a votação da Base Nacional Comum Curricular

Representantes do Sindicatos dos Trabalhadores em Educação de Goiás- Sintego, estão reunidos, juntamente com entidades classistas de outros estados, desde o início da manhã desta quinta-feira (07), na porta do Conselho Nacional de Educação (CNE), em Brasília, para cobrar a suspensão da votação da Base Nacional Comum Curricular BNCC.

Esta é a quarta versão da BNCC, no entanto, esse documento que está sendo apreciado pelo CNE, não foi colocado em debate. Nenhuma entidade teve acesso a esse material, nem foi consultada na elaboração dessa versão. 

Desde o início da manhã os dirigentes de várias entidades estão negociando a entrada no CNE para acompanhar a votação e com isto pressionar o governo que tenta afasta a participação popular das discussões inerentes a educação pública no país.




Imprimir