Comunicação

07 de fevereiro de 2018 | 08:40

SINTEGO cobra novo chamamento de concursados, durante reunião na SME de Goiânia

Na tarde desta segunda-feira (05), o SINTEGO esteve reunido na Secretaria Municipal de Educação de Goiânia - SME, para tratar das novas Diretrizes Organizacional da SME, organização do diurno e noturno, nova convocação dos concursados e as modulações com vistas a suprir os déficits. 

Durante a reunião a gerente de Educação Fundamental da Infância e da Adolescência, Alcione Francinete, apresentou a proposta de Diretrizes que será encaminhada às instituições, com solicitação de contribuições dos trabalhadores em educação. 

A presidente do SINTEGO, Bia de Lima, enfatizou a importância do diálogo e da construção democrática dos documentos que norteiam o trabalho educacional na rede. Bia também chamou o diálogo, questionando se haveria mudanças no horário de trabalho dos servidores que são modulados no noturno.

De acordo com a SME, não haverá mudança no horário dos servidores modulados no turno noturno, garantiu que o horário de entrada e saída permanecerão os mesmos.

O SINTEGO também questionou sobre o alto índice de déficits de servidores o que vem prejudicando o atendimento aos alunos, bem como sobrecarregando os trabalhadores que estão nas escolas e CMEIs. A Tesoureira do SINTEGO, Iêda Leal, afirmou que esta situação está insustentável. O SINTEGO cobrou nova convocação dos concursados que estão aguardando o chamamento para que este problema seja solucionado. 

Também participaram da reunião os servidores da SME, Gustavo Valle, Nio Alves, o secretário para Assuntos Jurídicos e Administrativos do SINTEGO, Marcos Pedro da Silva.




Imprimir