Comunicação

11 de abril de 2018 | 19:17

Portaria 171 da SME veio de surpresa e SINTEGO reafirma não aceitar a retirada de direitos dos trabalhadores em Educação

Na manhã do dia 11 de abril de 2018, o SINTEGO foi surpreendido com a Portaria nº 171/2018 da SME que cria comissão para elaborar e/ou revisar o Plano de Carreira e Remuneração dos Servidores do Magistério Público do Município de Goiânia.

Essa ação foi realizada pela Prefeitura de Goiânia, com base no expresso pela Portaria, e com base no PME lei nº 13.005 de junho de 2014 que aprova o Plano Nacional de Educação, em suas metas 17 e 18, que trata da valorização do profissional em Educação.

Tendo isto, a diretoria do  SINTEGO reitera seu posicionamento junto à categoria no sentido de não aceitar a retirada de direitos.  “O que nós queremos é fazer valer o Plano de Carreira que já conquistado pela categoria” afirmou a presidenta do SINTEGO, Bia de Lima.  

Tem se questionado a presença do SINTEGO na referida comissão, acontece que quem representa a categoria dos profissionais da educação é o SINTEGO, no entanto, o SINTEGO não tinha conhecimento sobre a criação desta portaria, vai participar intensamente para não permitir a retirada de direitos, por menor que seja.  

O SINTEGO estará informando a categoria ponto a ponto, continuamente, acerca das discussões que forem travadas sobre esta matéria.

           




Imprimir