Comunicação

11 de setembro de 2018 | 14:09

O PLC31/2018 CHEGA A COMISSÃO DE TRABALHO E O SINTEGO SE MANTÊM MOBILIZADO

A diretoria do SINTEGO esteve hoje (11/09/2018) na Câmara Municipal de Goiânia acompanhando o andamento do Projeto de Lei Complementar (PLC) 031/2018 que trata sobre a Reforma da Previdência do Servidor Municipal.  O SINTEGO exige o arquivamento desse projeto que gera insegurança financeira e jurídica às aposentadorias e pensões dos servidores municipais. Hoje, o vereador Carlin Café foi designado relator do Projeto na Comissão de Trabalho e Servidores Públicos.

A Comissão de Trabalho e Servidores Públicos não possui o poder de arquivar o projeto, podendo ao máximo propor emendas ao texto e encaminhar parecer pedindo pela sua rejeição. O projeto deverá ser votado no plenário, em segunda votação, depois do trabalho desta comissão, que é presidida pelo vereador Izídio Alves e também composta pelos/as vereadores/a Gcm Romário Policarpo, Emilson Pereira, Delegado Eduardo Prado, Dra. Cristina, Alfredo Bambu (suplente do vereador Cabo Senna) e Carlin Café.

O SINTEGO mantêm-se mobilizado, conforme afirmou a presidenta, professora Bia de Lima.

“Nós vamos buscar os/as vereadores/as que compõem a Comissão de Trabalho e Servidores Públicos e sobre essa comissão vamos tentar apresentar as mudanças que entendemos serem necessárias. Vamos continuar fazendo o enfrentamento no plenário, pois o projeto retornará  em segunda votação e temos que nos manter mobilizados,” afirmou a presidenta do SINTEGO, professora Bia de Lima.

Além desta questão da previdência ainda está em jogo a Data-Base e o reajuste do Piso dos/as professores/as. Se o Paço continuar descumprindo as leis não restará outro caminho que não o enfrentamento jurídico e social, com mobilizações e até mesmo greve.




Imprimir