Comunicação

09 de maio de 2019 | 10:56

Mais um golpe contra a educação

Justificando crise financeira em Goiás e fazendo cortes nos gastos, o governador Caiado encaminhou para a Assembleia Legislativa Projeto de Lei que exclui 62 mil estudantes goianos do passe livre no transporte coletivo.

Se o projeto for aprovado, o programa que atende hoje 85.075 estudantes, passará a contemplar apenas 22.657 em Goiânia e região metropolitana, Anápolis e Rio Verde.

 

Critérios

A nova proposta do governo é atender os estudantes da rede pública de ensino, das escolas comunitárias, confessionais ou filantrópicas, bem como os que têm bolsa integral e estão matriculados em escolas particulares.

Outro critério é a comprovação de renda familiar de até 3 salários mínimos e ser beneficiário direto ou indireto de programa social governamental de erradicação da pobreza.

O passe livre é uma conquista histórica dos estudantes, projetos como este deveriam ser ampliados e melhorados, e não para sofrer cortes. Não admitimos retrocessos!

O SINTEGO está na luta pela garantia dos direitos na Educação.

 

#SINTEGOnaluta




Imprimir