Comunicação

10 de junho de 2019 | 15:48

Audiência com secretária de Educação no SINTEGO trata pontos importantes para a categoria

A Diretoria Central e as Regionais Sindicais do SINTEGO, reuniram-se hoje pela manhã (10), com a Secretária Estadual de Educação, Fátima Gavioli, na sede central do SINTEGO. “Muitas são as lutas e preocupações a fim de garantir que os profissionais da Educação tenham melhores condições de trabalho e seus direitos garantidos. Estamos na luta e na defesa do plano de carreira, piso, data base e progressões, mas não podemos deixar de lado, assunto tão relevante que é a segurança de nossos profissionais. Desta forma, lançamos a campanha, “A Educação Pede Paz”, envolvendo todas as entidades, de forma a construirmos uma rede de proteção para os trabalhadores/as da Educação”, afirma Bia de Lima.


Esta reunião teve como pauta a campanha A Educação Pede Paz,  proposta de calendário letivo para 2020, retroativo do Auxílio Alimentação referente à fevereiro, Plano de Carreira e data-base dos administrativos, piso, greve geral nacional do dia 15 e dia D da Base Nacional Comum Curricular.  

 

Campanha Educação pede Paz

O SINTEGO lançou a nível estadual a Campanha, “A Educação Pede Paz”, no mês de maio, na Escola Estadual Céu Azul, Valparaíso. A campanha a construção coletiva de caminhos para o combate e a prevenção à violência escolar de forma a favorecer e fortalecer as relações democráticas e de Paz neste ambiente, envolvendo a comunidade escolar, entidades e órgãos, numa perspectiva intersetorial.
Na ocasião o SINTEGO entregou à Secretária Fátima Gavioli o Projeto : A Educação Pede Paz, acompanhado de um documento com sugestões para a prevenção e superação da violência escolar, com o intuito de construir um ambiente seguro aos profissionais da Educação, bem como para toda a comunidade escolar.


 

Proposta de calendário para 2020
A secretária apresentou aos presentes, uma proposta de calendário para 2020 que amplia o recesso no mês de janeiro, garante as férias em julho e uma semana de recesso no mês de outubro que é conhecida pela categoria como “semana do saco cheio”, esta semana segundo a proposta será ampliada a todo estado.
Os presentes manusearam o calendário  e a presidente do SINTEGO solicitou que o mesmo fosse apreciado por toda categoria da educação, para que posteriormente fosse encaminhada a proposta de calendário, considerando as contribuições de todos/as, ao Conselho Estadual de Educação. Assim, as Regionais Sindicais do SINTEGO estarão discutindo com a categoria nas  escolas e colégios, e no dia 25 de junho apresentaremos à SEDUC as sugestões a nós apresentadas. 

 

Auxílio alimentação retroativo
Segundo a Secretária de Educação será garantido o pagamento do auxílio alimentação retroativo a fevereiro, no julho, conforme negociação feita com o SINTEGO.

 

Plano de carreira dos Administrativos/as, data base, piso
Já foi formada a comissão que irá trabalhar no plano de carreira dos/as administrativos/as da Educação. Já a data base depende da discussão que será realizada hoje à tarde com a secretária de economia, Cristiane Schmidt, com quem também trataremos o piso dos professores, o pagamento das progressões e o pagamento dos salários dentro do mês trabalhado.

 

Dia D da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

A data programada para o dia D da BNCC, foi reagendada para dia 19 de junho, oportunizando que todos/as os/as trabalhadores/as se mobilizem neste dia contra a Reforma da Previdência e contra os cortes de verbas da Educação.  

 

Greve Geral do dia 14
O SINTEGO reforça a convocação para que todos/as estejam juntos nesta grande paralisação, que é a Greve Geral do dia 14 de junho. Em Goiânia, a concentração acontecerá a partir das 09h, com ato marcado para as 10h, no Coreto da Praça Cívica. 

 

O SINTEGO reitera que sempre estará na luta para que nossos direitos sejam cumpridos e continuará apoiando os/as profissionais da educação, inclusive, reforça a convocação para que todos/as estejam juntos nesta grande paralisação, que é a Greve Geral do dia 14 de junho. Em Goiânia, a concentração acontecerá a partir das 09h, com ato marcado para as 10h, no Coreto da Praça Cívica. 

“Vamos lutar agora, para não nos arrependermos depois! Diga NÃO, a Reforma da previdência! Diga NÃO aos cortes da Educação!”, reforça Bia.

#SINTEGOnaluta #Grevegeral14




Imprimir