Comunicação

01 de novembro de 2019 | 09:15

Em lançamento, Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional discute defesa das empresas estatais

Ocorreu ontem (31), o lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O evento contou com a presença de dirigentes sindicais do Estado de Goiás, deputados/as estaduais e federais e movimentos sociais. A iniciativa da Frente Parlamentar Mista partiu da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT), além de outras entidades sindicais.

O fórum de debates discutiu sobre a questão da soberania nacional e a defesa de empresas estatais. “É preciso que todos nós servidores/as públicos/as estejamos aqui para dizer que a Saneago não é do Governo de Goiás, ela é do/a servidor/a público/a e de todo o povo goiano. Nós avisamos sobre a venda da Celg, que pioraria a situação. Agora temos o resultado: pagamos uma conta altíssima para receber um serviço ruim”, disse a presidenta do Sintego, Bia de Lima.

Bia ainda alertou sobre a proposta de reforma da Previdência enviada à Alego pelo Executivo. “Temos que estar juntos/as. É a hora de fazer frente diante tempos tão difíceis. Com a proposta de Reforma da Previdência Estadual querem acabar com os quinquênios, aumentar a alíquota da previdência e não garantem os direitos dos/as trabalhadores/as. Mais do que nunca, precisamos estar juntos/as com toda a sociedade, na luta por condições melhores na Educação, saúde, segurança”, completou Bia.

Sintego - gente que trabalha a Educação.




Imprimir