Comunicação

26 de novembro de 2019 | 16:05

Informes da Rede Municipal de Educação de Goiânia – RME/GYN

A presidenta do SINTEGO, professora Bia de Lima, juntamente com a secretária de Formação, professora Meibb Freitas, estiveram reunidas com dirigentes da Secretaria Municipal de Educação, para esclarecer e obter informações com vistas a sanar dúvidas que afligem os/as profissionais da Educação Municipal de Goiânia.

Veja os informes:

Auxiliares de atividades educacionais

Modulação prioritária nas escolas de tempo integral que tenham oferta de Educação Infantil e CMEIS. Professores/as estarão encarregados/as, uma demanda antiga para que esses/as profissionais tenham a formação específica para dar a orientação necessária nesses espaços. Professor/a poderá ter a modulação de acordo com a sua jornada de trabalho e também conforme a oferta que será dada nas escolas de tempo integral. O SINTEGO trabalha e cobra para que os/as trabalhadores/as tenham a modulação mais adequada!

Readequados/as ou readaptados/as

Os/as servidores/as readequados/as ou readaptados/as terão prioridade de modulação nas funções de Auxiliar de Secretaria, Auxiliar de Ambiente Informatizado, Auxiliar de Sala de Leitura, Auxiliar de Gerenciamento de Merenda e Auxiliar de Coordenação, desde que tenha vaga, pois os técnicos administrativos que ocupam estes espaços continuarão trabalhando. O/a servidor/a que seja professor/a, a depender do laudo médico, poderá ser modulado na coordenação de turno. A SME vai acompanhar com o/as gestor/a das escolas para que os/as profissionais tenham as melhores lotações, sem tirar os/as administrativos/as de suas funções. Queremos a garantia da melhor modulação para todos/as!

Servidores/as da limpeza e merenda

Quantitativo do pessoal da limpeza e da merenda será o mesmo de 2019, não haverá diminuição. Especialmente nas unidades escolares com ambientes mais amplos, cobramos que sejam colocados/as mais profissionais, para não sobrecarregar os/as trabalhadores/as. Os/as gestores/as das unidades maiores devem procurar a SME, para que os casos sejam analisados individualmente.

TAC

Os novos tacs só serão criados com os/as diretores/as e coordenadores/as, desde que não gere excedência. De acordo com as orientações para preenchimento do Módulo 2020 – CMEI, “Conforme Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) n° 001/2017 – MP/GO, ao definir a lotação dos professores, incluir o quantitativo de regentes, gradativamente, em suas instituições de origem, as lotações do diretor, dirigente e coordenadores, quando não provocar excedência”.

Critérios de excedência

Estamos buscando achar a melhor forma para que ninguém fique no prejuízo. Esta semana haverá uma nova rodada de negociações para chegarmos aos melhores critérios, que atenda toda a rede, sem desmerecer qualquer trabalhador/a, e dessa forma, garantir a modulação para todos/as os/as profissionais. 

Recesso

O SINTEGO solicitou a SME que o período de recesso não seja contabilizado entre a véspera do Natal até após o Ano Novo, para que todos/as os/as trabalhadores/as estejam com suas famílias, fechando as unidades escolares e CMEIs. Solicitamos que as escalas de trabalho comecem depois das festividades até o início do planejamento definido pelo calendário. Cabe ao/a diretor/a da unidade escolar ter bom senso na hora de fazer a escala dos/as profissionais, de forma tranquila, negociada, discutida com cada servidor/a e, assim, garantir o atendimento plenamente e com qualidade a comunidade escolar, cumprindo a legislação e garantindo o descanso da categoria.

O SINTEGO está aberto para receber suas demandas, agilizar respostas e te tranquilizar neste final de ano!




Imprimir