Comunicação

06 de fevereiro de 2020 | 15:35

Assembleia aprova novo plano de lutas para valorização dos/as profissionais administrativos/as da RME/GYN

Ocorreu na manhã desta quinta-feira (6), na Praça do Trabalhador, mais uma Assembleia Específica dos/as Administrativos/as da Rede Municipal de Educação de Goiânia. A pauta discutida foi o Projeto de Subsídio da Prefeitura de Goiânia.

Durante a Assembleia, a presidente do SINTEGO, professora Bia de Lima, informou sobre a audiência que participou ontem (5) com o secretário Municipal de Educação de Goiânia, professor Marcelo Ferreira da Costa, e a superintendente financeira da Secretaria Municipal de Educação, Maria Aparecida Barbosa. Segundo Bia, ela reforçou, na reunião, o desejo dos/as administrativos/as na adesão ao subsídio, no entanto, foi informada de que a categoria havia sido excluída do projeto. O secretário de Imprensa; Napoleão Batista da Costa, a secretária de Assuntos Administrativos; Suely Coutinho, e a secretária do Interior; Lucieny Santos – do SINTEGO – também participaram da audiência.

A presidente do SINTEGO afirmou que não aceitará prejuízos para a categoria e, desta forma, uma nova proposta de plano de carreira para os/as administrativos/as deve ser construída, em conjunto com a comissão dos/as servidores/as, respeitando as especificidades dos/as trabalhadores/as.

“A categoria pede para que sejam contemplados o auxílio locomoção, o valor do piso do Magistério para os/as auxiliares de atividades educativas e, nós colocaremos tudo isso em discussão, para que seja construída uma proposta de plano de carreira real, com ganhos efetivos para os/as trabalhadores/as. O projeto do subsídio ainda não chegou na Câmara Municipal de Goiânia, então é esse o tempo que temos para trabalhar na apresentação da nossa proposta, garantindo, por exemplo, as 30h para quem está enquadrado nesta jornada. A unidade na luta é fundamental, nosso foco é lutar frente àqueles que não garantem os nossos direitos!”, enfatizou Bia.

“Este é um momento importante para discutirmos um plano que dê conta de valorizar os/as trabalhadores/as administrativos/as. Nós contribuímos significativamente para que haja uma Educação Pública de qualidade. Nossas funções devem ser valorizadas e a hora é essa”, reafirmou a secretária de Assuntos Administrativos, Suley Coutinho.

Uma reunião da comissão dos/as administrativos/as deve ocorrer na próxima semana, para que sejam traçados os caminhos da construção do novo plano de carreira e, posteriormente, sejam repassados para toda a categoria.

A HORA DOS/AS ADMINISTRATIVOS É AGORA!

#SINTEGONALUTA

Leia mais:

Chegou a nossa vez! Administrativos/as da RME/GYN discutem futuro da categoria

Comissão de administrativos/as da RME/GYN discute futuro da categoria

 




Imprimir