Comunicação

13 de fevereiro de 2020 | 16:07

14 de fevereiro é Dia de Luta em Defesa do Serviço Público e Contra o Desmonte do INSS


14 de fevereiro é “Dia de Luta em Defesa do Serviço Público e Contra o Desmonte do INSS”. Em nível nacional, as centrais sindicais CUT, CTB, CSP Conlutas, CGTB, CSB, Força Sindical, Intersindical Central, Intersindical Instrumento de Luta, Nova Central, Pública e UGT estão irmanadas para a mobilização.

Em Goiás, por iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência Social nos Estados de Goiás e Tocantins – Sintfesp-Go/To, em parceria com as centrais CUT, CTB e CSP Conlutas, e os sindicatos Sindsaúde/Go, Sintego e SintIfes-Go, o “Ato em defesa do Serviço Público e contra o desmonte do INSS” será às 8h30, na Agência da Previdência Social – APS Aparecida de Goiânia, localizada à Av. Uru, esquina com Rua Uberaba, Q. 115, Lts 3 e 4, no Setor dos Afonsos.

As centrais sindicais e os sindicatos vão esclarecer à população usuária do INSS que os trabalhadores e trabalhadoras da autarquia em todo o País são vítimas, e não responsáveis, do processo de desmonte imposto ao Instituto pelo governo Bolsonaro.

Na avaliação das entidades, os dois milhões de benefícios parados nas agências, que hoje fazem a população enfrentar filas desumanas (mesmo que escamoteadas por serem filas digitais) para tentar acessar direitos como aposentadoria e auxílio-doença, são resultado de uma ação deliberada de sucateamento do serviço público.
 




Imprimir