Comunicação

19 de janeiro de 2021 | 15:37

Vitória do SINTEGO! Piso para contratos temporários será pago na folha deste mês (janeiro/2021)

Após muita luta do SINTEGO e Ministério Público de Goiás (MO-GO), por meio de ação civil pública e representações na justiça, professores/as da Rede Estadual com contratos temporários receberão o Piso Nacional do Magistério, de 2020. 

A Lei nº 20.959, que permite o reajuste salarial, foi publicada no último dia 12 no Diário Oficial de Goiás e dispõe sobre os valores a serem pagos. Com isso, professores/as contratados/as de nível superior, com carga horária de 40h, passam a receber R$ 2.886,15 e para quem faz 20h e 30h o reajuste será calculado proporcionalmente, sem efeitos retroativos. 

CLIQUE AQUI E VEJA A TABELA SALARIAL ATUALIZADA

“Demorou demais, o Estado já devia estar pagando o Piso para contratos. O governo corrige a injustiça por um lado, reajustando o salário dos contratos, e pratica outra ao não respeitar a carreira do magistério, já que os/as professores/as PIII e PIV continuam com seus salários congelados. Piso é Lei e deve ser aplicado para todos/as!”, afirma Bia de Lima, presidenta do SINTEGO.

Ressaltamos que o pagamento do Piso é uma grande conquista, porém, o SINTEGO, enquanto entidade que representa os/as trabalhadores/as da rede pública de Educação em Goiás, cobra incansavelmente por novos concursos públicos para a categoria. Os concursos públicos podem garantir a segurança empregatícia e a equiparação dos servidores temporários para com os/as professores/as de carreira, possibilitando de fato a valorização profissional.

#SINTEGOnaluta
#Concursopúblicojá




Imprimir