Comunicação

07 de abril de 2021 | 13:20

SINTEGO protocola ofício com pedido de prioridade da vacinação para profissionais da Educação

O SINTEGO protocolou um ofício ao Governador de Goiás, Ronaldo Caiado, no Ministério Público de Goiás (MP-GO), Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), Secretaria da Saúde e Instituto de Assistência dos/as Servidores/as Públicos/as de Goiás (Ipasgo), solicitando a inclusão dos/as profissionais da Educação no grupo prioritário de vacinação contra a COVID-19. 

Pedimos que o governador siga o exemplo de outros Estados, como São Paulo, Espírito Santo e Paraná, pois já definiram a vacinação da categoria para os próximos meses, bem como, o município de Anápolis. O novo secretário municipal de Educação de Goiânia, Wellington Bessa, também identificou essa necessidade e afirmou em entrevista ao POPULAR que o retorno presencial ocorreria de forma mais segura com a vacinação dos/as trabalhadores/as. 

Vale lembrar: embora as aulas presenciais estejam suspensas, servidores/as administrativos/as da RE continuam indo às escolas para entregar kits alimentação e manter as instituições abertas, em regime de revezamento. Mesmo com 30% da capacidade, eles/as continuam se expondo ao vírus e correm o risco de serem contaminados/as.

Apenas a vacinação da categoria garante a segurança de professores/as, administrativos/as, alunos/as, familiares e responsáveis na luta contra o coronavírus. Vacinar todos/as com a maior celeridade possível é urgente e necessário! 

Vacina Já!
#SINTEGOnalutasempre




Imprimir