Notícias

05 de janeiro de 2017 | 10:27

Prefeitura de Goiânia concede Progressões Horizontais de 2014, Verticais e por titularidade a professores e servidores da educação

Conforme havia sido negociado com o Sintego, o então prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, concedeu progressões horizontais aos servidores do magistério, gratificações por titularidade e progressões verticais a profissionais administrativos.

A concessão dos benefícios foi atendida pela Prefeitura de Goiânia, após uma longa e incansável luta do Sintego, para que os direitos dos trabalhadores da educação do município fossem respeitados e que o gestor sancionasse a lei antes do termino do seu mandato.

“É mais uma vitória conquistada pelo Sintego em Goiânia. Conseguimos avançar nas negociações e encerramos o ano com esse saldo positivo com os educadores municipais. Vamos buscar solução para as outras pendências, junto ao novo prefeito, Iris Rezende”, afirmou a presidenta do Sintego Bia de Lima.

Gratificações de titularidade

Conforme negociações entre o Sintego, a Secretaria Municipal de Educação e o Ministério Público, no final da greve em maio do ano de 2015, as gratificações de titularidade começaram a ser pagas no mês de setembro do mesmo ano. O pagamento está sendo gradativo de acordo com a ordem de deferimento do processo de cada servidor.

A lista foi publicada no Diário Oficial da prefeitura de Goiânia, no dia 06 de dezembro de 2016, com 44 nomes.  

Progressões Verticais e Horizontais

O então prefeito Paulo Garcia também concedeu progressões verticais a trabalhadores administrativos da educação. O decreto com a relação de nomes foi publicado no Diário Oficial do dia 21 de dezembro de 2016.

Já a publicação com a relação dos servidores beneficiados com a Progressão Horizontal está no diário oficial do dia 30 de dezembro de 2016.

 


Imprimir