Notícias

05 de abril de 2017 | 19:26

Sindicatos unidos na defesa dos trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Goiânia

A direção do Sintego  (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Goiás) e do SindiGoiânia (Sindicato dos Trabalhadores do Município de Goiânia) foram recebidos em audiência com o secretário municipal de Educação, Marcelo Costa, na tarde desta quarta-feira (05/04) e negociaram a pauta de reivindicações dos trabalhadores em educação. Foi garantindo junto a SME:

1 – CONCURSO:  Serão chamados mais de 1.300 aprovados no concurso da Educação, entre professores e administrativos, além dos 660 que foram convocados no mês passado.

2 – GRATIFICAÇÃO: permanência da gratificação dos diretores;

3 – MERENDA: Descentralização está garantida;

4 – SEGURANÇA: Os sindicatos cobraram mais segurança nas escolas, com vídeo monitoramento, segurança para as unidades escolares, ronda ostensiva, viaturas da guarda municipal e parceria com a Polícia Militar;

5 – PISO: Conforme negociação feita pelo Sintego junto ao secretário de Finanças  deve ser pago no mês de maio o Piso dos Professores;

6 – DATA-BASE DOS ADMINISTRATIVOS: Será pago na folha do mês de abril, retroativo a janeiro;

Diante da reunião  com o secretário de Educação, Marcelo Costa, as professoras Ampara Ferreira (Superintendente Pedagógica), Maria Aparecida Barbosa (Superintendente Financeira), o Assessor Jurídico Allen Anderson, a Presidenta do Sintego, Bia de Lima, o secretário de Políticas Sociais, Napoleão Batista e os diretores do SindiGoiânia, Luiz Adão Câmara e Lindomar Resende Rodrigues, consideram que é desnecessária a participação do Sintego e do SindGoiânia em ato público em frente a Secretaria Municipal de Educação.

As direções do Sintego e SindiGoiânia acreditam que o diálogo e a união de esforços entre as entidades sindicais é o melhor caminho para avançar na defesa dos direitos dos trabalhadores.