Notícias

29 de maio de 2017 | 11:32

Cerca de 30 mil filiados ao Sintego vão às urnas para escolher nova diretoria

De quarta-feira (31), até a sexta-feira (02), professores, administrativos e aposentados sindicalizados ao Sintego em todo o estado de Goiás, têm um importante compromisso: comparecer às urnas para escolher a diretoria que comandará o Sindicato no triênio 2017/2021.

Na diretoria central do Sintego duas chapas concorrem ao pleito: Chapa 1, encabeçada pela atual presidente e candidata à reeleição, Bia de Lima e a Chapa 2, que tem o professor Arquidones Bites, como postulante a presidente da entidade.

Cerca de 30 mil filiados estão aptos a votar nesta eleição, número maior que os eleitores de centenas de municípios brasileiros. De acordo com a Comissão Eleitoral Central, tem direito a voto o sindicalizado que se filiou até o dia 1º de abril e que está em dia com as suas obrigações sindicais.

A Comissão Eleitoral Central também alerta aos filiados que procurem votar nos primeiros dias e assim evitar filas.

“É de extrema importância que os filiados façam valer seu direito a voto e escolha seus representantes nos próximos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho. Um Sindicato participativo, garante força e representatividade a toda categoria”, pontuou a presidente da Comissão Eleitoral, Estela Mares Stival.

Estrutura

Serão mais de 900 urnas, entre fixas ou itinerantes, em todo o interior de Goiás e região metropolitana, além de 36 urnas itinerantes em Goiânia e duas fixas (Central do Sintego e Hospedagem), voltada para aposentados e para aqueles em que a coleta de votos é em separado.

Para se ter uma ideia do tamanho da eleição deste ano, aproximadamente 2.500 pessoas participarão do processo eleitoral, entre mesários, fiscais, funcionários da entidade, comissão eleitoral, seguranças e motoristas.

Para garantir o direito a voto de todos os filiados, em Goiânia, 36 equipes formadas por mesários e fiscais, percorrerão todas as unidades de ensino onde houver sindicalizado (municipal e estadual), para colher o voto. Durante os três dias de votação as urnas utilizadas no processo serão armazenadas na central do Sintego com segurança 24h, até que sejam abertas para apuração a partir das 8h de sábado, (3).

Já no interior haverá urnas fixas em todas as regionais do Sintego, além das itinerantes que passarão nas escolas, unidades escolares e área centralizada.

As primeiras urnas sairão da Central e das regionais do Sintego às 7h da manhã de quarta-feira (31), e percorrerão os locais de trabalho até as 21h de sexta, (2), nos termos do Edital de Convocação da eleição.

Quem vota

Pode votar todo associado que na data da eleição: contar mais de 60 dias de inscrição no quadro social; tiver quitado as mensalidades até 30 dias antes da eleição.

Os filiados que por ventura estiverem de férias ou afastadas por motivo de doença podem votar em separado na sede do Sindicato ou no seu local de trabalho nas urnas itinerantes. Os trabalhadores que não tiverem o nome na lista de votação (por exemplo, por ter mudado de local de trabalho), mas comprovarem sua sindicalização, também votam em separado, conforme o estatuto.