Notícias

14 de março de 2018 | 11:22

Servidores da rede municipal de Niquelândia protestam em frente a Prefeitura para receber salários atrasados

Os trabalhadores em Educação da rede municipal de Niquelândia estão realizando, na manhã desta quarta-feira (14), manifestação em frente ao prédio da Prefeitura para cobrar da administração municipal o pagamento dos salários atrasados dos servidores. 

A Prefeitura de Niquelândia acumula 6 meses de salários atrasados que se arrastam desde maio de 2016. Somente da gestão anterior os servidores acumulam, desde o ano de 2016 os salários de maio e dezembro, metade do salário de novembro e 30% do 13º salário. Alguns servidores que fazem aniversário nos meses de maio e dezembro não receberam, sequer, os 70% referentes ao 13º que deveria ter sido pago na data do aniversário.

Soma-se a este prejuízo, os meses de dezembro de 2017, janeiro e fevereiro 2018, que até o momento não foi pago pela Prefeitura de Niquelândia.

Existem servidores que estão passando por sérias dificuldades financeiras, com contas atrasadas, sem dinheiro, sequer para comprar alimentos para suas famílias.

Ao longo destes anos cobrando soluções para o atrasado de salário do funcionalismo municipal, a regional do SINTEGO de Niquelândia já realizou manifestações, carreatas, passeatas, panelaço, ocupação da secretaria de educação e por fim montou um acampamento na porta da Prefeitura com o compromisso de só sair quando o problema for resolvido, com o pagamento ou de uma negociação satisfatória para a categoria.

Uma audiência entre o Sindicato e o Ministério Público Estadual, foi realizada na terça-feira (06), onde o promotor de justiça, Dr. Augusto Cézar, se comprometeu a tomar providências, protocolando uma Ação Civil Pública, pedindo a obrigatoriedade do pagamento de salários atrasados a Prefeitura de Niquelândia.