Notícias

08 de novembro de 2018 | 13:31

Profissionais do ITEGO em Artes Basileu França decidem por suspensão da greve

 

Com base na proposta do governador  de Goiás, José Eliton (PSDB), de que faria o repasse para a organização social que administra o ITEGO em Artes Basileu França até nesta sexta-feira (9), e com perspectivas de recebimento de salário também até amanhã (9), os profissionais (professores/as e administrativos/as) do instituto decidiram hoje (8) pela suspensão da greve. 

Nesta sexta, a escola retoma as atividades e os/as profissionais que alegaram dificuldades de transporte receberão auxílio das coordenações para estarem presentes.

Uma nova assembleia já ficou marcada para a próxima terça-feira (13). Na ocasião, os profissionais discutirão diversas pautas, inclusive, a possibilidade de retorno da greve, caso o governo de Goiás não cumpra o compromisso de efetuar o repasse para a Cegecon, que, por sua vez, pagará o salário de setembro e aponta uma  sinalização para o pagamento do salário de outubro no dia 25 de novembro. Os salários de novembro, dezembro e o 13° devem ser negociados em outro momento.

Diante de uma assembleia acalorada e com opiniões diversas, a presidenta do SINTEGO, Bia de Lima, ressaltou que o sindicato luta pelos trabalhadores. "A defesa do SINTEGO é a defesa dos profissionais do Basileu. Nesse momento, precisamos viabilizar para que a O.S. faça os pagamentos, mas temos que ressaltar que a luta é pelos direitos do trabalhador, que está há dois meses sem receber", disse ela.

Bia de Lima parabenizou os/as trabalhadores/as do instituto pela organização das assembleias e reforçou que os avanços só acontecem na luta da coletividade.