Notícias

15 de abril de 2019 | 16:35

Querem acabar com a sua aposentadoria! Não deixe isso acontecer!

Ao contrário do que apregoa o governo Bolsonaro, a reforma da Previdência não irá acabar com privilégios e estabelecer justiça social nas aposentadorias. Pelo contrário, ela reduz brutalmente direitos da maioria da população e mantém privilégios de militares, políticos e do alto escalão do funcionalismo público.

Ao invés de combater a sonegação, de tributar as grandes fortunas, lucros e dividendos, de cobrar as dívidas bilionárias de empresas com a Previdência (R$ 400 bilhões), de extinguir as desonerações fiscais (R$ 60 bilhões) e de fazer acertos de contas com governos estaduais e municipais que deixaram de capitalizar seus fundos previdenciários, o governo Bolsonaro investe contra os direitos da classe trabalhadora e do povo mais humilde, retirando-lhes o mínimo de segurança e dignidade asseguradas na Constituição de 1988.

Fonte: CNTE