Secretarias

12 de dezembro | 17:29

Sintego reafirma plano de luta dos administrativos para 2013

O Sintego promoveu nesta quarta-feira (12), em Goiânia, a reunião ampliada entre a diretoria central e os secretários (as) de Assuntos de Pessoal Administrativo das Regionais Sindicais, no qual reafirmou o plano de luta para a categoria em 2013, tanto para os trabalhadores das escolas estaduais quanto para os que estão lotados nos municípios, em prol da sua valorização profissional.

Entre as principais reivindicações da categoria está a realização de concurso público para pessoal administrativo em 2013 na rede estadual de ensino. “Há doze anos não é realizado um concurso para provimento de vagas dos cargos administrativos da Educação”, declarou a presidenta do Sintego, acrescentando que essa articulação da categoria é muito importante. “São trabalhadores que também contribuem para o processo de ensino- aprendizagem e precisam ser valorizados”, concluiu.

Pela manhã, o sindicato promoveu um debate sobre Previdência, com o consultor Jesus Divino Barbosa, que mostrou as alterações sobre aposentadoria desde o governo FHC e como essas mudanças afetaram o trabalhador. Segundo o ex-diretor do Ipasgo, o servidor público foi quem mais sofreu perdas nos seus direitos e vem perdendo até hoje. "Cuidado com o Bônus: é armadilha, não entra na aposentadoria. O Bônus é um salário indireto, que não é incorporado", alertou.

No período da tarde, houve uma palestra sobre o programa de formação profissional do servidor administrativo, o Profuncionário, com a professora Valéria Batista Mendes, coordenadora do programa no Instituto Federal de Goiás. Na sequência, o secretário de Assuntos Jurídicos e Administrativos, Pedro Soares, apresentou informes sobre o Plano de Carreira, o programa Saúde Financeira e responder dúvidas sobre outras questões jurídicas. Finalizando, foram apresentadas as propostas para o Plano de Ação de 2013, aprovadas na I Plenária Sindical.

No encerramento da reunião, houve o lançamento do livro A Construção do Espaço do Centro-Oeste, do professor Carlos Ugo Giannotti, que é secretário de Imprensa e Divulgação do Sintego; e da revista Retratos da Escola – Dossiê Federalismo e Educação – Volume 6, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). 

Imprimir