Notícias

30 de outubro de 2020 | 13:13

Ipasgo inaugura clínica em Anápolis

O SINTEGO tem cobrado, sempre, melhorias do atendimento do Ipasgo no interior do estado, com mais clínicas e especialidades sendo oferecidas, dando mais opções de oferta de prestadores de serviços de saúde aos/as associados/as. Finalmente, a nova gestão do institudo, atendendo aos anseios e demandas dos/as usuários/as, lançou em Anápolis, no último dia 22, o Ipasgo Clínicas. O local oferece atendimentos de endocrinologia, pneumologia, geriatria, pediatria, reumatologia, ginecologia, clínica geral e várias outras especialidades. 

Em audiência, no início deste mês, o presidente do Ipasgo, Hélio José Lopes, afirmou que buscará a tão sonhada interiorização do instituto, para atender aos/as servidores/as públicos/as estaduais e municipais credenciados/as e seus/suas dependentes. “Os/as servidores/as públicos/as do interior de Goiás anseiam por melhorias há muito tempo prometidas. As pessoas querem ter atendimento próximo quando precisarem, além de não precisarem deslocar para Goiânia todas as vezes que precisarem do plano de saúde, com menor custo e tempo” afirma a presidenta do SINTEGO, professora Bia de Lima, durante a audiência. 

Segundo a presidente da regional do SINTEGO em Anápolis, Alibertina Queiroz, essa era uma demanda antiga da RS. “Essa clínica beneficiará a todos/as nós usuários/as do Ipasgo aqui em Anápolis. Por mais que seja perto, não é viável ir a Goiânia sempre que precisamos de atendimento, isso sobrecarrega muito o sistema, principalmente, em áreas específicas como endocrinologia e neuropsiquiatria. Precisamos de assistência nas nossas cidades, estaremos sempre atentos quanto a qualidade do serviço prestado, isso é direito nosso”, disse ela.

Segundo o presidente do Ipasgo, a expansão e ampliação do serviço é uma realidade, com previsão de abertura de clínicas também em outros municípios como Jataí, Mimoso de Goiás e Águas Lindas.

A demanda pela ampliação e interiorização dos atendimentos do Ipasgo é antiga e se faz cada vez mais necessária. O SINTEGO insistirá nesta cobrança, já que prezamos pela saúde dos/as profissionais da Educação!

Seguimos vigilantes as ações do Ipasgo, sempre na luta pela garantia dos direitos dos/as servidores/as públicos/as e na melhoria dos atendimentos!

#SINTEGONALUTA