Notícias

04 de novembro de 2020 | 16:10

SINTEGO entra com recurso no STF para suspensão do desconto previdenciário de aposentados/as

Diante de tamanha indignação com a cobrança do desconto previdenciário dos/as aposentados/as, cobrado desde abril deste ano pela GoiásPrev, a equipe jurídica do SINTEGO entrará, nesta semana, com um recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). 

O recurso, chamado RECLAMAÇÃO, tem como finalidade adequar o desconto previdenciário apenas para situações em que a lei assegure a cobrança com base no déficit atuarial e que seja de vencimentos acima do benefício do Regime de Previdência Social, ou seja, acima de R$ 6 mil, bem como era antes da Reforma da Previdência. 

Essa é mais uma ação do sindicato com o objetivo de suspender essa cobrança maldosa e indevida de quem já contribuiu durante toda a vida para ter uma aposentadoria digna. O SINTEGO destaca que o trabalho jurídico da entidade tem sido incansável e de muito empenho. Até o momento, foram duas ações judiciais e dois recursos, com o objetivo de suspender o débito dos/as aposentados/as da Educação. 

Reforçamos que seguiremos na luta, em constante diálogo com a categoria, informando e esclarecendo todas as dúvidas, trabalhando estratégias de ações com os/as aposentados/as para que possamos pressionar ainda mais as autoridades e mostrarmos as mazelas ocasionadas por esse confisco. 

#SINTEGONALUTA